Deriva | Drift | 2010

Sujeito: Corpo
SESC Pinheiros, São Paulo, SP

This work starts from video recordings made inside a pool. It shows a person floating adrift, without a loose bearing. A slow shift is caused by a random interference; this will make the person move like a boat loose, drifting. "Drift" reflects a state of inertia and apathy and shows the distance from reality, a situation without focus or purpose. It reflects the absence of presence. In an aquatic and introspective environment, Drift has its movements contained by inertia, apathy.

"Deriva" parte de registros em vídeo feitos dentro de uma piscina. Mostra uma pessoa viva e inerte, boiando à Deriva, solta, porém presa na sala. Um deslocamento lento é provocado por interferência aleatória, isto o fará mudar de lugar, como um corpo á deriva. O trabalho reflete uma situação apatia, mostra o distanciamento da realidade. Reflete a ausência da presença. Deriva tem seus movimentos contidos pela impossibilidade de ação.